ABRH-PR planta a semente para re-humanizar o humano dentro das organizações

Nesta quarta-feira, 12 de maio, a ABRH-PR promoveu a apresentação do primeiro círculo reflexivo da jornada que culminará com a realização do XVI Congresso Paranaense de Recursos Humanos (CONPARH), em 21 de setembro. O momento “Plantar” foi conduzido por Filipe Cassapo que convidou os presentes a revelarem seus valores, propósitos e oportunidades à luz do paradigma da vida.

Cassapo relembrou o propósito do CONPARH 2021 – “RH – Re-Humanizar o humano”, frisando que é necessário a criação de relacionamentos mais saudáveis e comportamentos mais sustentáveis dentro das organizações. Destacou que a fase de plantar sementes exige reflexões e interseções da sociedade, organizações, cultura, ecossistemas, pessoas e autoconhecimento.

“Ressignificar valores e propósitos devem partir das oportunidades de servir, que podem estar alinhadas aos 17 ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU”, afirmou Cassapo. Ele convidou os participantes a encontrarem um ponto de convergência entre seus valores e propósitos para a superação dos grandes desafios que aguardam o mundo no Século XXI.

Citou como exemplo, o crescimento exponencial da população mundial, a produção de alimentos de energia suficientes para todos, acesso à saúde e à educação de qualidade, geração de empregos, distribuição da riqueza, uma vida mais sustentável.

A partir da revelação de valores, propósitos e oportunidades de servir para a superação de desafios, Cassapo pediu aos participantes para refletirem sobre quais sementes querem ver germinar.

Desse momento surgiram indagações que, com certeza, serão objetos de debates no CONPARH 2021, e poderão ser trazidas para discussão na próxima fase da Jornada que será “Germinar” (6 de julho), na qual os participantes irão revelar dores e aspirações próprias, e de suas organizações, para que seja possível desenhar o RH que humaniza, com um novo conjunto de práticas.

As inscrições para o Germinar já estão abertas: Faça sua inscrição